sexta-feira, 9 de junho de 2017

After Meeting You - Prólogo

         
Era uma segunda-feira nublada, as pessoas andavam apressadamente pela rua, com medo da chuva que poderia cair a qualquer momento. Catherine Harrison caminhava de volta para casa com suas amigas. Seus papos fluíam animadamente, como todos os dias. Depois da conversa entre as três, Cather se despediu das amigas e foi pra casa. 
         Mas sua felicidade durou pouco, quando ela recebeu a notícia que seus pais haviam sofrido um acidente de carro, e os mesmos não haviam resistido. 
Não demorou para os problemas de Catherine aumentarem, a garota de 20 anos não tinha dinheiro o suficiente pra manter a faculdade, e quanto mais o tempo passava as coisas só piorava pra ela... E ela pensou que podia contar com as amigas, mas aquelas que ela chamava de amigas, não passavam de duas falsas. Com a venda da casa, ela consegue quitar as dividas baixas, e oque sobra mal dá pra comer, e alugar um quarto simples numa pensão.
         Catherine passa maior parte do seu tempo atrás de emprego, se martirizava a todo minuto por ter permitido que tanta desgraça acontecesse em sua vida. Ainda na busca do emprego, Cather acaba conhecendo Helena Robins, oferendo-a emprego com direito a moradia. Sem nem pensar duas vezes Catherine aceita. 

- Ah menina, eu não sei porque ainda chora. Não é tão ruim como pensa. - a loirinha tentou consolar Catherine

- É sim. Ainda mais quando aqueles velhos quiserem comer ela. Com certeza o chefinho não vai se importar - disse a ruiva peituda- 
- É melhor se arrumar logo - falou a loirinha novamente- Se Helena aparecer aqui, e te ver nesse estado não vai prestar

    Catherine se encolheu no canto da parede, ninguém nunca bateu nela nem mesmo seus pais. Olhou em volta do quarto, agora vazio. Ele era bem pequeno e bagunçado. Teve dificuldades pra se vestir, olhou-se no espelho, e se sentiu uma vagabunda ridícula com aquele vestido curto, que ficava mais curto ainda por causa do seu corpo avantajado. 

     Saindo do quarto, e seguindo o corredor mal iluminado. Ela esperava sua vez para dançar pra aqueles homens. 
- Com essa inexperiência nenhum homem vai se exitar - Jojo debochou, rindo com as outras. Catherine apenas fingiu não ouvir tal comentário. Se direcionou ate o palco, e olhou pra platéia. Eram os mesmos homens de todas as noites, sem sombra de dúvidas a maioria eram todos casados, ela sentiu nojo deles.
     Helena queria dar uns bons tabefes na garota, por não ter começado o show. Ignorando a vontade de chorar, Catherine deixa se possuí pelas batidas da música. Com movimentos sexy e provocativos para os homens ela começa a dançar pra eles. Enquanto os mesmos lançavam notas de dólares.
    Enquanto Catherine fazia movimentos sensuais no pole-dance. Justin Bieber chegava a sua boate, depois de um longo dia de trabalho. 
- Hey Chefe - Helena se aproximou de Justin, lhe entregando sua bebida favorita- Essa semana lucramos mais que o esperado
- Quanto mais melhor - deu uma grande golada na sua bebida - Quem é a do palco?
    Helena seguiu o olhar do chefe ate o palco, Justin encarava a garota completamente, sua forma de dançar era catastrófica. 
- Essa é a Catherine, começou a pouco tempo - engoliu em seco - Ela é muito inexperiente ainda, mas pode deixar. Vou mandar alguém dá um jeito nela. 
    Justin trincou o maxilar de forma que Helena chegou a tremer nas bases. Ele mesmo queria resolver isso
- Arrume as coisas dela, quero ela no meu escritório em cinco minutos
- Pra que chefe? - Helena perguntou, testando a ordem de Justin, que a encarou de forma impaciente - 
- Vou dar um jeito nela 


        ----------------------------------------------------------------------------



Oi amores. 
Espero que vocês tenham gostado da nova fic!










quinta-feira, 8 de junho de 2017

After Meeting You - Sinopse

       



Eu necessitava dela por inteiro, de suas palavras mal criadas, e ato do seu modo de julgar, de todas as verdades que saem da sua boca.
        O sexo virou apenas uma desculpa, para te-la sobre mim, eu não cansava dela, de ficar admirando aquela perfeição em forma de mulher. Seus olhos negros, como a escuridão, e seus lábios eram tão viciantes como cocaína, eles me proporcionavam as melhores sensações.
        E mesmo que o céu esteja caindo sobre minha cabeça, e o desespero vem a tona, a única coisa que me mantem erguido, é ela. E depois que ela chegou o caus tomou conta de tudo, porque na realidade ela é o caus. 


Largada num lugar onde quem sobrevive é vitorioso. Ela estava ali pra perder o 'pudor' e como deve satisfazer um homem de verdade. A única coisa com oque ela devia ser preocupar era o prazer dele. "Você me deve obediêcia" "Você deve se submeter a mim" Duas frases que ele mais dizia. Entre as humilhações e agressões ela acabou fazendo uma burrada entrando no jogo dele pra valer... 

voltamooos